Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Naufrágio de pesqueiro sul-coreano faz 22 mortos

Vinte e dois marinheiros morreram no naufrágio na segunda-feira de um pesqueiro sul-coreano, com 42 homens a bordo, nas águas do Antárctico.
14 de Dezembro de 2010 às 11:22

Anteriormente, as autoridades da Nova Zelândia tinham anunciado o abandono das buscas para encontrar os 17 elementos da tripulação ainda dados como desaparecidos, mas cujas hipóteses de ainda serem localizados com vida são remotas.

"Infelizmente, é muito improvável que algum dos desaparecidos possa ter sobrevivido", disse o coordenador do socorro marítimo neozelandês, Dave Wilson, adiantando que as águas glaciais do Antárctico constituem "um ambiente implacável".  

Segundo explicou, o tempo de sobrevivência nas águas foi muito curto. De acordo com os médicos, os marinheiros que não sofreram uma paragem cardíaca ao entrar na água, acabaram por perder a consciência após uma hora e não  poderão ser reanimados após duas horas.

O armador do pesqueiro referiu, por seu turno, que as causas exactas do naufrágio ainda não foram apuradas e que as condições meteorológicas não eram más.

O navio, o Number One Insung, era uma traineira de 614 toneladas, que naufragou a cerca de mil milhas a norte da (base no Antárctico) de McMurdo.

coreia do sul nova zelândia antárctico pesqueiro naufrágio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)