Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Naufrágios matam centenas em dois dias

Mais de 200 sobreviventes foram resgatados por um petroleiro norueguês.
F.J.G. 4 de Junho de 2016 às 10:40
Uma centena de cadáveres foram encontrados numa praia da Líbia
Uma centena de cadáveres foram encontrados numa praia da Líbia FOTO: Mohame Ben Khalifa/EPA
Mais de uma centena de cadáveres de migrantes foram encontrados esta sexta-feira numa praia da Líbia, enquanto uma embarcação com cerca de 700 pessoas naufragou ao largo da ilha grega de Creta. A guarda costeira grega resgatou 340 pessoas com vida e recuperou nove cadáveres. Há centenas de desaparecidos.

"As nossas informações revelam que o barco saiu da cidade egípcia de Alexandria com 700 pessoas a bordo", referiu Joel Millman, da Organização Internacional para as Migrações (OIM), frisando que as buscas ao largo de Creta continuam.Além de dois barcos gregos, participam na procura de sobreviventes cinco navios mercantes que estavam na zona e ainda um helicóptero e dois aviões destacados pelas autoridades da Grécia.

Mais de 200 sobreviventes foram resgatados pelo petroleiro norueguês ‘Cliper Hebe’.

Entretanto, na Líbia, o número de migrantes mortos é de pelo menos 107, referiu o Crescente Vermelho. Entre as vítimas, que terão morrido há um ou dois dias, há 40 mulheres e cinco crianças.

Deram à costa junto da cidade de Zuwara, de onde partem dezenas de barcos com refugiados e imigrantes clandestinos rumo à Europa.

Em declarações à ‘Associated Press’ o coronel líbio Ayoub Gassim culpou a Europa por "não fazer mais do que contar cadáveres" para parar a migração a partir da Líbia.

Segundo alguns, o recente acordo da UE com a Turquia que prevê a detenção na Grécia e deportação de refugiados que entrem na Europa a partir da Turquia está a levar milhares a recorrer a rotas mais distantes e arriscadas, com partida do norte de África e rumo a Itália.

Só na semana passada morreram pelo menos 800 pessoas no Mediterrâneo, e desde o início do ano o número de vítimas já supera as 2500. Mais de 205 mil pessoas fizeram a perigosa travessia do Mediterrâneo este ano.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)