Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Navio afunda-se no Reno com 2400 toneladas de ácido sulfúrico

Um navio-cisterna que transportava 2400 toneladas de ácido sulfúrico afundou-se esta quinta-feira de madrugada no rio Reno, entre Koblenz e Mainz, a oeste da Alemanha. Dois membros da tripulação foram dados como desaparecidos, de acordo com a polícia alemã.
13 de Janeiro de 2011 às 10:47
As autoridades suspenderam a circulação marítima no rio Reno
As autoridades suspenderam a circulação marítima no rio Reno FOTO: REUTERS/Arnd Wiegmann - Imagem ilustrativa

O navio alemão, que se deslocava para Antuérpia, na Bélgica, afundou-se por volta das 05h00 locais, 04h00 em Lisboa. Ainda não se conhece a causa do acidente.

As autoridades encerraram a circulação marítima no rio e não se sabe quando será reaberta.


Dos quatro tripulantes, dois foram socorridos, os outros dois encontram-se desaparecidos.


Desconhece-se se o ácido terá sido derramado para as águas do rio, segundo o porta-voz da polícia. Pensa-se que o navio em questão fosse moderno, com um casco duplo, o que deteria a poluição, acrescenta o mesmo.

reno ácido sulfúrico naufrágio desaparecidos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)