Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Navio da Greenpeace tomado de assalto

Um navio quebra-gelo da Greenpeace foi tomado de assalto pela guarda costeira russa, esta tarde, no Ártico.  
19 de Setembro de 2013 às 17:56
Greenpeace, navio, Ártico, guarda costeira
Greenpeace, navio, Ártico, guarda costeira FOTO: Lusa

Os 25 ativistas que seguiam a bordo da embarcação acabaram detidos pelas autoridades. Momentos antes da ocupação do navio, a organização ambientalista emitiu um comunicado a dar conta de que “homens armados de metralhadoras” tinham acabado de descer de um helicóptero para bordo do ‘Arctic Sunrise’.

A Greenpeace considerou esta situação como “um assalto ao navio” alegando que a operação decorreu em “águas internacionais”.

‘ARCTIC SUNRISE’ EM MISSÃO

O navio da Greenpeace viajou para o mar de Petchora, no Ártico russo, a fim de protestar contra os projectos de exploração petrolífera da empresa russa Gazprom.

Momentos antes da divulgação do comunicado, a organização ambiental acusou as autoridades russas de deterem “ilegalmente” dois dos seus militantes a bordo de um navio da guarda costeira russa.

Greenpeace navio Ártico guarda costeira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)