Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

"Nazismo foi um movimento de esquerda”, diz Jair Bolsonaro em visita polémica a Israel

Presidente brasileiro diz não ter dúvidas e tem dificuldade em lembrar-se do partido liderado por Adolf Hitler.
2 de Abril de 2019 às 20:54
Jair Bolsonaro
Bolsonaro chama 'irmão' a Netanyahu ao chegar a Israel
Bolsonaro chama 'irmão' a Netanyahu ao chegar a Israel
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
Bolsonaro chama 'irmão' a Netanyahu ao chegar a Israel
Bolsonaro chama 'irmão' a Netanyahu ao chegar a Israel
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
Bolsonaro chama 'irmão' a Netanyahu ao chegar a Israel
Bolsonaro chama 'irmão' a Netanyahu ao chegar a Israel
Jair Bolsonaro
A visita do presidente brasileiro Jair Bolsonaro a Israel foi, como não podia deixar ser, muito polémica. 

Bolsonaro fez esta terça-feira eco às declarações do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, ao afirmar que "não há dúvida" que o nazismo foi um "movimento de esquerda", numa entrevista com jornalistas em Israel.

O presidente teceu ainda elogios 
ao Estado judaico, ao qual reiterou amar "como namorados que se tornam noivos, no bom sentido". 

O brasileiro foi mais longe e tratou o primeiro-ministro do país, Benjamin Netanyahu, como um "irmão" e prometeu um alinhamento total do Brasil com a política dele. Um factor encarado pelos árabes e muçulmanos como ofensivo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)