Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Negociador principal da UE diz que Reino Unido pode não sair

Michael Barnier diz que "Tudo é possível até ao dia em que saem"
Lusa 25 de Maio de 2018 às 21:52
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
Michael Barnier, negociador da UE para o Brexit
O principal negociador da União Europeia para o 'Brexit', Michel Barnier, afirmou esta sexa-feira que, até ao minuto em que o Reino Unido sair formalmente da UE, "tudo poder acontecer", incluindo uma decisão britânica de não abandonar a União.

Barnier, que falava em Lisboa num debate com o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, sobre a saída do Reino Unido da UE, respondia a uma pergunta da audiência sobre se, em face das divergências dentro do próprio governo britânico, o 'Brexit' é reversível.

"Não vou fazer comentários sobre a situação política britânica. [Mas] Tudo é possível até ao dia em que saem", disse o responsável europeu.

"A 30 de março próximo, às 00h00, 23h00 no Big Ben, eles saem. E, ao mesmo tempo, saem de 750 acordos internacionais e de todas as agências europeias. É automático, mecânico, jurídico", prosseguiu.

"Até lá, pode haver mudanças", admitiu.

Michel Barnier repetiu que "lamenta" a decisão tomada pelos britânicos em referendo de abandonar a UE e afirmando-se aberto a todos os desenvolvimentos ao processo negocial, mas frisou que a decisão não é sua, apenas, mas de todos os 27.

"No processo de negociação que conduzo, qualquer mudança, de objetivo ou de processo, tem de ser acordada a 27+1", disse.

"Até ao momento da carta de Theresa May, em março passado, o processo era unilateral: os britânicos votam, decidem sair da União. A partir do momento em que recebemos a carta, é um processo coletivo", explicou, referindo-se à carta britânica pedindo a ativação do processo de saída da UE.

Michel Barnier está desde quinta-feira em Lisboa, no âmbito de uma ação diplomática que, explicou, o leva a cada semana a um Estado-membro diferente para explicar "as negociações do 'Brexit'.
União Europeia UE Brexit Michel Barnier ministro dos Negócios Estrangeiros Lisboa Augusto Santos Silva Big Ben
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)