Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Neonazis condenados por fogo posto

O Supremo Tribunal de Bradenburgo condenou, esta segunda-feira, 12 neonazis a penas de prisão de vários anos, pelo crimes de fogo posto e de filiação em associação terrorista, depois de considerá-los culpados por fogo posto em estabelecimentos comerciais de estrangeiros no leste da Alemanha
7 de Março de 2005 às 15:34
O principal arguido, 20 anos, o único que ficará detido, foi condenado a quatro anos e meio de prisão. Os restantes onze réus, com idades entre os 16 e os 20 anos, vão cumprir sentenças entre oito meses e dois anos de prisão, com pena suspensa, com base no código penal para jovens.
Todos os arguidos tinham entre 14 e 18 anos quando cometeram os crimes, entre Agosto de 2003 e Maio de 2004, e admitiram, no essencial, a sua culpa, excepto no que se refere às acusações de terrorismo movidas pelo Ministério Público.
Os 10 fogos postos contra estabelecimentos de estrangeiros na zona do Rio Havel, a oeste de Potsdam, na extinta Alemanha de Leste, causaram prejuízos na ordem dos 800 mil Euros. Os incidentes não provocaram feridos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)