Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Netanyahu defende luta antiterrorista

Conversa com Abbas após morte de bebé.
31 de Julho de 2015 às 16:29
O chefe do Governo israelita disse a Mahmud Abbas que "todos em Israel ficaram chocados" com o ocorrido
O chefe do Governo israelita disse a Mahmud Abbas que 'todos em Israel ficaram chocados' com o ocorrido FOTO: EPA
O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, manteve esta sexta-feira uma rara conversa telefónica com o presidente da Autoridade Palestiniana, na qual condenou a morte de um bebé palestiniano num incêndio causado por colonos judeus e prometeu uma investigação completa.

O chefe do Governo israelita disse a Mahmud Abbas que "todos em Israel ficaram chocados com este terrorismo condenável contra a família Dawabsha", informou o gabinete de Netanyahu.

"Temos de lutar contra o terrorismo em conjunto, independentemente de que lado vem", acrescentou o primeiro-ministro israelita na conversa telefónica com Abbas, segundo o gabinete.

Esta madrugada, um bebé palestiniano de 18 meses morreu e os pais ficaram feridos num incêndio na casa onde viviam. O incêndio foi provocado por colonos judeus na Cisjordânia, de acordo com as forças de segurança palestinianas.

Benjamin Netanyahu Mahmud Abbas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)