Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Nevada legaliza prostituição masculina

As autoridades do condado de Nye, no estado norte-americano do Nevada, entraram para a história ao legalizarem, pela primeira vez em todo mundo, a prostituição masculina.
6 de Janeiro de 2010 às 20:00
A petição foi lançada pela dona do bordel 'Shady Lady Ranch'
A petição foi lançada pela dona do bordel 'Shady Lady Ranch' FOTO: d.r.

A decisão histórica e sem precedentes surgiu num estado onde, desde 1971, é legal em algumas zonas, as mulheres se prostituírem. A partir de agora, os ‘gigolôs' podem exercer a sua actividade sem constrangimento no condado de Nye, estando apenas obrigados a revisões médicas semanais, tal como já acontece com as prostitutas femininas.

A decisão foi tomada por um Conselho de Licenças e Licores, respondendo ao pedido de um pequeno bordel, situado numa zona pouco habitada do Nevada, junto à fronteira com a Califórnia. A proprietária do ‘Shady Lady Ranch' argumentou que pretendia aumentar os serviços prestados no estabelecimento e atrair mais clientes.

"Esta é a primeira na história do mundo que se permite aos homens venderem sexo", assegurou George Flint, representante dos interesses da Associação de Bordéis do Nevada.

A dona do bordel, Bobbie Davis, alegou, na petição, que havia chegado o momento de oferecer este tipo de serviços. "É o que pensam muitas mulheres que me contactaram desde que iniciei este processe", afirmou a dona do ‘Shady Lady Ranch'.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)