Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Nova descoberta de restos mortais no World Trade Center

Trabalhadores das obras no 'ground zero', onde se situava o World Trade Center, em Nova Iorque, encontraram mais restos mortais no local, depois de na sexta-feira terem sido descobertas as primeiras ossadas de vítimas dos atentados de 11 de Setembro de 2001, tendo sido decidido encetar novas buscas na zona.
22 de Outubro de 2006 às 12:46
As novas buscas recuperaram mais de 15 pedaços de restos de ossadas. Com as descobertas da semana passada ascendem agora a cerca de cem os vestígios humanos encontrados na zona cinco anos depois dos atentados terroristas.
AS ossadas foram detectadas quando trabalhadores das empresas de electricidade e saneamento e da câmara de Nova Iorque escavaram à mão em torno das tampas de saneamento no pavimento na baixa de Manhattan. A autarquia local confirmou as buscas e indicou que peritos forenses estiveram no local a recolher fragmentos de restos mortais.
Depois da descoberta das primeiras ossadas na semana passada, familiares das vítimas exigiram que fossem feitas novas buscas no local.
Os restos mortais encontrados são fémures, costelas, braços e vértebras, segundo o gabinete de Medicina Legal de Nova Iorque.
Cinco anos depois dos atentados, que mataram 2749 pessoas, as famílias de 1150 vítimas não recuperaram quaisquer restos mortais dos seus entes queridos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)