Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Nova estratégia em contrarrelógio para salvar 10 mineiros presos em mina no México

Autoridades vão fazer furos a 60 metros de profundidade numa mina vizinha e aí injetar cimento para criar uma vedação.
Rodrigo Guimarães 16 de Agosto de 2022 às 10:40
A carregar o vídeo ...
Nova estratégia em contrarrelógio para salvar 10 mineiros presos em mina no México

As autoridades mexicanas continuam os trabalhos para tentar salvar os 10 mineiros que ficaram presos numa mina de carvão no passado dia 3 de agosto.

E têm uma nova estratégia. Pretendem fazer furos de 15 centímetros a 60 metros de profundidade na mina vizinha de las conchas e aí injetar cimento para criar uma vedação. Uma estratégia que poderá demorar dias.

Os socorristas continuam a bombear água a todo o gás. Mas a chuva forte que cai na região está a tornar os trabalhos infrutíferos. A mina está inundada.

Os familiares esperam e desesperam por notícias.

O processo de salvamento está a revelar-se lento. As equipas de resgate estavam prontas para descer à mina mas a água voltou a subir. Um duro golpe na esperança dos familiares das vítimas que estão a 30 metros de profundidade.

O presidente mexicano disse que se for necessário poderá recorrer a socorristas de outras partes do mundo.

Os mineiros ficaram presos no subsolo da mina de Pinabete depois de os trabalhos de escavação que realizavam terem provocado o colapso de uma parede do túnel.

Era uma exploração de carvão a poucos metros da mina de Las Conchas, e cheia de água devido à sua proximidade com o rio sabinas.

Os familiares das vítimas recusam-se a perder a esperança, apesar do cenário não ser nada animador. Os homens não têm comida nem água. E até agora não há qualquer sinal de que possam estar vivos.

México Mina acidentes e desastres economia negócios e finanças minérios e metais inundações
Ver comentários