Novo ataque a banco com reféns faz 10 mortos no Brasil

Ataque aconteceu esta madrugada na cidade de Milagres, no estado do Ceará.

Um novo ataque a banco com o uso de reféns como escudo humano fez pelo menos 10 mortos na madrugada desta sexta-feira no Brasil, onde estes casos são cada vez mais frequentes. O ataque desta madrugada aconteceu na cidade de Milagres, no interior do estado do Ceará, a 487 km de Fortaleza, a capital estadual.

Até meio da manhã desta sexta-feira, a polícia local não tinha divulgado as identidades dos mortos nem se entre eles estavam reféns. O tiroteio entre a polícia e os assaltantes, que deixou em pânico a pequena cidade interiorana, durou cerca de 20 minutos.

Ao contrário do que costuma acontecer em assaltos deste tipo, em que os criminosos bloqueiam as saídas dos quartéis da polícia e distribuem reféns pelas ruas onde ficam os bancos para impedir a ação dos agentes, que só conseguem agir depois da fuga dos bandidos, desta vez a ação policial antecipou-se ao assalto.

Ainda não se sabe como a polícia descobriu o plano mas, quando um numeroso grupo de criminosos armados com armas de guerra e explosivos entrou na cidade perto das 2 e 17 da madrugada, horário local, 5 e 17 em Lisboa, as forças de segurança já estavam à espera. Em plena avenida principal da cidade, travou-se então uma violenta batalha à bala, ficando no meio do fogo cruzado pessoas que os bandidos tinham feito reféns no caminho e tinham levado para o local do assalto para formarem um escudo humano.

Ao longo da manhã, várias estradas da região foram bloqueadas por forças policiais, que caçavam os criminosos que tinham conseguido fugir. Polícias de forças especiais da capital e agentes de outras cidades da região foram enviados para Milagres para reforçar o cerco aos assaltantes.

No mesmo horário em que se travava a batalha em Milagres, um outro grupo de assaltantes, que ainda não se sabe se está ou não ligado ao anterior, assaltou bancos numa outra localidade do interior do Ceará, Itatira, mas neste caso consumou o assalto. Segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará, este ano já ocorreram 44 ações criminosas desse tipo no estado.

Apenas quatro dias antes, a milhares de quilómetros de Milagres, no estado do Rio Grande do Sul, um outro ataque simultâneo a bancos de uma pequena cidade também terminou com um banho de sangue. Após criminosos assaltarem duas agências bancárias e uma da lotaria em Ibiraiaras em plena luz do dia, a meio da tarde, a polícia perseguiu os assaltantes e no confronto morreram seis bandidos e um refém.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!