Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Parlamento aprova novo Governo em Israel após 12 anos de Netanyahu no poder

Ultranacionalista Naftali Bennet é o novo PM e vai liderar coligação de oito partidos.
Correio da Manhã e Lusa 13 de Junho de 2021 às 18:58
Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

O parlamento de Israel aprovou este domingo o Governo de coligação do novo primeiro-ministro Naftali Bennett, que sucede a Benjamin Netanyahu, que esteve no poder cerca de 12 anos.

Dos 119 deputados presentes (de um parlamento de 120), 60 votaram a favor da nova coligação, que integra partidos que vão desde a direita à esquerda, incluindo o apoio de um partido árabe.

Cinquenta e nove deputados, a maioria do partido Likud de Netanyahu e de partidos de extrema-direita e ultraortodoxos, opuseram-se a esta nova solução governativa para Israel.



O líder da direita radical Naftali Bennett é o novo primeiro-ministro de Israel, substituindo Benjamin Netanyahu, há 12 anos à frente do governo do Estado hebreu e de quem foi conselheiro e ministro.

Bennett lidera a formação Yamina, que conseguiu apenas sete deputados nas legislativas de março, mas o acordo de rotação da coligação anti-Netanyahu para formação de um governo determina que seja o primeiro a chefiar o executivo, cedendo depois o cargo a Yair Lapid (líder do partido centrista Yesh Atid, o segundo mais votado, com 17 deputados), que será primeiro-ministro até 2025.

A chefia do governo terá sido o preço desta figura da corrente do "nacionalismo religioso" para apoiar uma coligação heterogénea, que inclui partidos de esquerda, do centro, de direita e a formação árabe israelita Raam (islâmica).




Benjamin Netanyahu Israel Parlamento de Israel política governo (sistema) executivo (governo) parlamento
Ver comentários