Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Nowotny considera prematuro subir taxas de juro na zona euro

Conselheiro do BCE diz que crescimento económico e a inflação são mais baixos na zona euro do que nos EUA.
19 de Dezembro de 2015 às 15:19
Ewald Nowotny é Conselheiro do Banco Central Europeu
Ewald Nowotny é Conselheiro do Banco Central Europeu FOTO: Reuters
O membro do conselho de governadores do Banco Central Europeu (BCE) Ewald Nowotny considerou este sábado que é muito cedo para pensar numa subida das taxas de juro na zona euro tal como aconteceu nos Estados Unidos, na quarta-feira.

O crescimento económico na Europa e a inflação são, segundo Nowotny, muito mais baixos na zona euro do que nos Estados Unidos, fazendo com que o BCE não esteja a considerar esta questão.

"Para a Europa é muito prematuro pensar numa subida das taxas de juro", afirmou o também governador do Banco da Áustria à emissora pública ORF.

A Europa está numa fase de "crescimento lento a médio prazo", indicou o membro do BCE, apelando aos responsáveis políticos para que compensem esta débil evolução económica.

Na passada quarta-feira, a Reserva Federal (Fed), banco central norte-americano, decidiu subir as suas taxas de juro, como já era esperado pelos mercados, o primeiro aumento em quase dez anos, indicou em comunicado o comité de política monetária.

Após uma reunião de dois dias, a Fed indicou que as taxas de juro, que estavam próximas de zero (entre 0 e 0,25%), vão ficar entre 0,25% e 0,50%.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)