Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Número de mortos nas Filipinas ultrapassou os 4.000

Há mais de 18 mil feridos a lamentar.
20 de Novembro de 2013 às 10:09
Estragos provocados pelo tufão Haiyan nas Filipinas
Estragos provocados pelo tufão Haiyan nas Filipinas FOTO: Getty Images

As autoridades das Filipinas elevaram, esta quarta-feira, para 4.011 o número de mortos registados no arquipélago devido à passagem do tufão Haiyan, que, no dia 8, devastou a região centro do país.

De acordo com os dados mais recentes do Conselho Nacional de Gestão e Redução de Risco de Desastres, o tufão causou ainda 18.557 feridos e 1.602 desaparecidos. A maior parte dos mortos, num total de 3.310, foi na província de Leyte, a mais afetada pelo tufão.

Cerca de 9,9 milhões de pessoas foram afetadas pelo tufão, segundo os dados oficiais, encontrando-se 398.377 alojadas em 1.526 centros de abrigo.

Pelo menos 323.454 casas ficaram destruídas e outras 324.706 sofreram danos em 574 municípios das Filipinas, estando os danos calculados em mais de 12.200 milhões de pesos (206 milhões de euros).

As operações de resgate nas zonas afetadas pelo Haiyan contam com a participação de 33.200 pessoas, 1.320 veículos, 107 embarcações e 163 aviões.

Tufão tufão Haiyan mortos Filipinas autoridades polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)