Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Nuvem de cinzas está a dissipar-se

O vulcão islandês Grímsvötn, que desde domingo provocou o cancelamento de centenas de voos para o Reino Unido e Norte da Europa, cessou a sua actividade na madrugada de ontem e tudo indica que terá voltado a adormecer. A nuvem de cinzas está já a dissipar-se e deverá desaparecer até ao fim--de-semana, referem os meteorologistas.

26 de Maio de 2011 às 00:30
O aeroporto de Hamburgo (na foto) foi um dos afectados pelo encerramento temporário de parte do espaço aéreo alemão
O aeroporto de Hamburgo (na foto) foi um dos afectados pelo encerramento temporário de parte do espaço aéreo alemão FOTO: d.r.

"O vulcão deixou de expelir fumo e cinzas às 03h00 da manhã de quarta-feira [hora de Lisboa] e agora a única coisa que sai da cratera é vapor. Parece que acabou", confirmou o perito Hrafn Gudmundsson, do Instituto Meteorológico da Islândia.

A Eurocontrol, agência europeia para a segurança da navegação aérea, mostrou-se "cautelosamente optimista", e avançou que a nuvem de cinzas que ainda cobre parte do espaço aéreo europeu deverá dissipar-se totalmente até ao final da semana.

A nuvem, que se estava a deslocar para nordeste, obrigou ontem ao encerramento temporário de parte do espaço aéreo do Sul da Escandinávia e do Norte da Alemanha, forçando ao encerramento por algumas horas dos movimentados aeroportos germânicos de Bremen, Hamburgo e Berlim.

No total, foram cancelados cerca de 700 dos oito mil voos previstos para ontem na Alemanha.

Todos os voos que estava previsto descolarem dos aeroportos portugueses com destino a Berlim realizaram-se normalmente, confirmou a ANA.

vulcão Islândia cinzas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)