Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Nyusi condecora Mário Coluna e Mia Couto entre 26 personalidades

Personalidades agraciadas por ocasião do 40.º aniversário da independência do país.
24 de Junho de 2015 às 15:58
O Presidente moçambicano Filipe Nyusi
O Presidente moçambicano Filipe Nyusi FOTO: António Silva/Lusa

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, condecorou esta quarta-feira 26 personalidades, incluindo o falecido futebolista Mário Coluna, o escritor Mia Couto, o histórico da Frelimo Marcelino dos Santos e a viúva do primeiro presidente do partido, Janet Mondlane.

Perante altos dirigentes do Estado moçambicano, incluindo os ex-presidentes Joaquim Chissano e Armando Guebuza, as 26 individualidades foram agraciadas por Filipe Nyusi por ocasião do 40.º aniversário da independência do país, que se assinala na quinta-feira.

Mário Coluna, antigo capitão da seleção portuguesa e do Benfica, recebeu, a título póstumo, a Medalha de Mérito Desportivo, a mesma atribuída à campeã mundial e olímpica dos 800 metros, Lurdes Mutola.

O escritor Mia Couto recebeu a Medalha de Mérito de Artes e Letras e o cofundador da Frelimo (Frente de Libertação de Moçambique), criada em 1962, Marcelino dos Santos, um dos líderes destacados da organização, foi condecorado com o título honorífico Herói da República de Moçambique, que também foi atribuído a Feliciano Gundana, outro cofundador da Frelimo e dirigente da organização.

A moçambicana nascida nos EUA Janet Rae Johnson Mondlane, viúva do cofundador e primeiro presidente da Frelimo, Eduardo Mondlane, recebeu a Ordem Eduardo Chivambo Mondlane do 1.º Grau, enquanto o escritor Rui Nogar foi agraciado, postumamente, com a Ordem Eduardo Chivambo Mondlane do 2.º Grau.

O padre e médico italiano Aldo Marchezini foi o único estrangeiro condecorado, tendo recebido o título de Cidadão Honorário da República de Moçambique.

Filipe Nyusi também atribuiu a Medalha Bagamoyo e Medalha Veterano da Luta de Libertação de Moçambique ao Arquivo Histórico de Moçambique e a vários combatentes da luta de libertação nacional.

Falando após as condecorações, o chefe de Estado moçambicano afirmou que o gesto visa enaltecer a prestação de alguns dos melhores filhos do país e de outras nacionalidades em prol do desenvolvimento da pátria moçambicana.

Filipe Nyusi Mário Coluna Mia Couto Frelimo Joaquim Chissano Armando Guebuza Lurdes Mutola Moçambique
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)