Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

"O meu voo foi sequestrado": vítima do 11 de Setembro ligou à mulher durante o ataque

Tragédia das Torres Gémeas despedaçou muitas famílias. A história emocionante de Jeremy e Lyz.
Daniela Vilar Santos 11 de Setembro de 2019 às 10:39
Jeremy
Jeremy FOTO: Redes Sociais
O atentado de 11 de Setembro de 2001 continua a ser uma ferida por sarar. Entre mortos e desaparecidos há histórias de despedida que continuam a emocionar o mundo.

A 10 de setembro Jeremy estava com um voo marcado para a Califórnia. Morava em Nova Jersey com a mulher, Lyzbeth Glick, mais conhecia por Lyz. Por volta da 17h00, Jeremy ligou à mulher a informar que havia um incêndio e que não conseguia apanhar o avião. Teria de embarcar no voo do dia seguinte, a 11 de setembro.

"Levantei-me de manhã e liguei a televisão. Vi o World Trade Center e ouvi os meus pais gritar: 'Oh meu Deus, Jeremy!", conta Lyz.

Jeremy ligou a avisar que o voo dele tinha sido sequestrado. Quando passaram o telefone a Lyz ela ouviu a voz de pânico do marido: "Amo-te". Nos 10 minutos de chamada que se seguiram, o casal repetiu incansavelmente o quanto se amava até que se conseguiu acalmar.

A mulher conta que nos 10 minutos seguintes devem ter estado sempre a repetir que se amavam até que se acalmaram. Jeremy achava que não ia conseguir sair dali com vida e pediu à mulher que tomasse conta da filha Emerson. "Ele estava muito triste. Dizia que não acreditava que isto lhe estava a acontecer", conta Lyzbeth.

Jeremy contou que estavam três homens do tamanho dele a tentar controlar o avião e que o objetivo era não permitir que tal acontecesse. "Eu tenho a minha faca de manteiga do pequeno-almoço", disse em tom de brincadeira.

Minutos depois, quando Jeremy anunciou que juntamente com os outros passageiros ia tentar controlar os sequestradores, Lyz passou o telefone ao pai. O pai de Lyz revelou que ouviu muitos gritos e que de repente se fez um silêncio ensurdecedor. Ficou com o telefone no ouvido durante duas horas, à espera que algum milagre o fizesse voltar a ouvir a voz de Jeremy. Mas nunca mais ouviu.
Lyzbeth Glick Jeremy Lyz 11 de setembro world trade center tragédia atentado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)