Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

O MUNDO ESTÁ MAIS PERIGOSO

A maioria dos portugueses considera que o mundo ficou mais perigoso depois das guerras no Afeganistão e Iraque. Estas são as conclusões de uma sondagem realizada em 40 países, cujos resultados foram ontem publicados pelo jornal espanhol “El Mundo”.
12 de Maio de 2003 às 00:00
Apesar de portugueses e espanhóis concordarem neste aspecto – 60% de portugueses e 63% de espanhóis consideram o mundo mais perigoso, e 48% de portugueses e 66% de espanhóis considera que a ameaça terrorista não foi significativamente reduzida - discordam noutras questões decorrentes da guerra. Por exemplo, 47% de portugueses pensam, agora que Saddam Hussein foi deposto, que a campanha no Iraque foi justificada, enquanto 68% de espanhóis pensam que não. Há também desacordo quando se pergunta se a crise diplomática entre os EUA e seus aliados - entre eles Espanha e Portugal – e os países contrários à guerra – como França, Rússia e Alemanha – será fácil de reparar. A maioria dos portugueses, 63%, pensa que sim, enquanto uma ligeira maioria de espanhóis, 45%, pensa que não.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)