Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Obama, Bush e Clinton querem ser vacinados contra a covid-19 em frente às câmaras de televisão

Antigos presidentes norte-americanos pretendem sensibilizar a população para a segurança da vacina.
SÁBADO 3 de Dezembro de 2020 às 10:02
Ex-líderes americanos
Ex-líderes americanos FOTO: Direitos Reservados
A desconfiança quanto à vacina contra a covid-19 continua bastante alta e, para a combater, os antigos presidentes norte-americanos Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton mostraram-se disponíveis para serem inoculados frente a câmaras de televisão para mostrarem que a mesma é segura. Os antigos presidentes mostraram-se disponíveis para serem dos primeiros a receberem a vacina a partir do momento em que a Food and Drug Administration - a agência de controlo e supervisão norte-americana do setor alimentar e farmacêutico - aprovarem a vacina. A notícia está a ser avançada pela CNN, citando os chefes de gabinete de cada um dos três antigos presidentes.

O republicano George W. Bush já questionou as autoridades do país de que forma pode ajudar a combater a insegurança contra a vacina, tendo contactado o epidemiologista Anthony Fauci, que está a liderar a resposta dos EUA contra a pandemia. 

Os assessores dos três presidentes já referiram que a partir do momento em que as vacinas forem consideradas seguras irão mostrar-se disponíveis para as tomar. "Se Anthony Fauci me disser que esta vacina é segura e nos pode impedir de apanhar covid-19, garantidamente que a vou tomar", disse Obama esta quinta-feira no Joe Madison Show.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários