Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Obama condecora Michael Jordan e Abdul-Jabbar

Antigos basquetebolistas receberam a Medalha da Liberdade.
16 de Novembro de 2016 às 21:27
O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama
O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama FOTO: Kevin Lamarque/Reuters
O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, atribuiu a presidencial Medalha da Liberdade aos antigos basquetebolistas Kareem Abdul-Jabbar e Michael Jordan, anunciou hoje a Casa Branca.

"As Medalhas da Liberdade não são só a nossa maior honra civil, são um tributo à ideia de que todos nós, independentemente de onde vimos, temos a oportunidade de mudar este país para melhor", disse Obama, citado em comunicado da Casa Branca.

Jordan, visto pelo presidente como "um dos maiores desportistas de todos os tempos", foi seis vezes campeão do campeonato norte-americano de basquetebol ao serviço dos Chicago Bulls.

Igual número de campeonatos conseguiu, pelos Los Angeles Lakers, Kareem Abdul-Jabbar, que além do percurso desportivo teve "uma carreira importante como ativista pela justiça social depois de deixar o desporto profissional", destaca a Casa Branca.

Além dos dois antigos atletas, também os atores Robert de Niro e Robert Redford, a apresentadora Ellen DeGeneres, o arquiteto Frank Gehry, o fundador da Microsoft Bill Gates, bem como a mulher, Melinda, e o músico Bruce Springsteen foram condecorados com a mais alta distinção atribuída a um civil nos Estados Unidos.

As Medalhas da Liberdade são atribuídas desde 1963 por iniciativa do presidente John F. Kennedy, que viria a ser assassinado nesse ano.
Ver comentários