Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Obama e Huckabee arrasam no Iowa

"Quando olhardes para trás recordareis esta noite, pois foi aqui que tudo começou.” Esta foi uma das frases mais marcantes do discurso do pretendente democrata à presidência, Barack Obama, depois de ontem vencer, de forma clara, o ‘caucus’ no Iowa. Hillary Clinton, dada como favorita, quedou-se pelo terceiro lugar.
5 de Janeiro de 2008 às 00:00
No lado republicano, o vencedor, também com margem dilatada, foi Mike Huckabee, relegando para segundo Mitt Romney, o candidato que mais investiu no primeiro dos cinquenta estados norte-americanos chamados às urnas. Rudolph Giuliani, o mais mediático dos candidatos conservadores, ficou-se pelo sexto lugar.
Obama, o único candidato negro, obteve 38% de votos – um importante impulso especialmente porque foram obtidos num Estado de esmagadora maioria branca e ainda porque relegaram para terceiro lugar Hillary (29%), que chegou a ter uma vantagem clara nas sondagens. O segundo lugar de John Edwards (30%) significa para a antiga primeira-dama a necessidade de um esforço adicional para recuperar nas primárias de New Hampshire, no próximo dia 8. As sondagens continuam a dar-lhe o favoritismo, mas não espelham ainda o impacto dos resultados de ontem.
“Vimos hoje um novo dia na política dos EUA”, afirmou por seu lado Huckabee, que bateu por quase 10% Romney (34% contra 25%). Giuliani (3%) surge atrás de Fred Thompson e John McCain (ambos com cerca de 13%). Os resultados no Iowa levaram já dois democratas à desistência: Chris Dodd (0,2%) e Joe Biden (2%).
WYOMING, UM ESTADO ESQUECIDO
As atenções da Comunicação Social estão de tal forma concentradas nas votações nos estados do Iowa e New Hampshire (terça-feira, dia 8) que ninguém parece ter reparado no facto de o Wyoming realizar hoje um ‘caucus’ republicano (os democratas do Estado só votam em Março). Os próprios candidatos parecem ter apostado pouco no escrutínio naquele que é o território menos populoso dos EUA (cerca de 500 mil habitantes). Mike Huckabee, vencedor do ‘caucus’ do Iowa, não fez campanha nesse Estado, gesto imitado por John McCain e Rudolph Giuliani. “Os candidatos estão onde estão os media”, explicou Jim King, da Universidade do Wyoming, frisando que nem sequer foram realizados estudos de opinião.
SAIBA MAIS
239 mil foi o número de democratas que participaram no ‘caucus’ do Iowa, quase duplicando a participação de 2004.
115 mil republicanos compareceram no ‘caucus’ do Iowa.
PODER SIMBÓLICO
O Iowa não decide quem será o candidato oficial de cada partido à presidência, mas ajuda muito. Al Gore venceu aí em 2000 e conquistou a nomeação e em 2004 aconteceu o mesmo a John Kerry. No lado republicano, George W. Bush venceu também em 2000 e acabou na Casa Branca.
AS ESCOLHAS DO IOWA
Obama e Huckabee entraram a ganhar no primeiro teste eleitoral
DEMOCRATAS:
Barack Obama – 38 %
John Edwards – 30 %
Hillary Clinton – 29 %
Bill Richardson – 2 %
Joe Biden – 1 %
REPUBLICANOS:
Mike Huckabee – 34 %
Mitt Romney – 25 %
Fred Thompson – 13 %
John McCain – 13 %
Ron Paul – 10 %
Rudy Giuliani – 3 %
Fonte: Iwoa Caucus
WYOMING
Capital – Cheyenne
Área – 253 348 metros quadrados
População – 509 294 (96,01 % Brancos, 3,06% Nativos americanos, 1,15 % Negros, 0,90 % Asiáticos, 0,12 % Havaianos e de ilhas do Pacífico)
PIB per capita – 48, 075 dólares
Governador – Dave Freudenthal (Democrata)
Religiões – 53 % Protestantes; 16 % Católicos Romanos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)