Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Obama goza com ele próprio (COM VÍDEO)

O presidente norte-americano Barack Obama mostrou este sábado que tem um bom sentido de humor, ao divertir os mais de dois mil participantes no tradicional jantar dos correspondentes da Casa Branca com piadas acutilantes sobre si próprio e a sua administração.
10 de Maio de 2009 às 13:17
Obama num momento de descontração
Obama num momento de descontração FOTO: d.r.

"Eu não queria estar aqui, mas foi mais um dos problemas que herdei da administração Bush", começou por gracejar Obama, antes de estabelecer várias metas para os próximos 100 dias da sua administração. Uma delas, prometeu, será "perder a calma". Outra será usar menos o teleponto - já o seu 'vice', Joe Biden, conhecido pelas suas 'gaffes', passará a usá-lo mais vezes para não dizer tantos disparates.

Obama disse ainda estar confiante em como os próximos 100 dias serão bem sucedidos. "Tão bem sucedidos - disse - que vamos completá-los em apenas 72 dias. No 73º dia vou descansar", rematou.

O chefe de Estado norte-americano não esqueceu ainda a rivalidade que manteve com Hillary Clinton na campanha para a nomeação democrata, mas assegurou que agora ele e a secretária de Estado são "bons amigos". "Ela gosta tanto de mim que mal regressou do México me deu um abraço e um grande beijo, e aconselhou-me a visitar rapidamente o país", afirmou, numa referência à gripe A que assola aquele país.

O jantar dos correspondentes da Casa Branca juntou este ano cerca de 2.700 pessoas, incluindo muitos políticos e actores de Hollywood, que pagaram cerca de 200 euros para estarem presentes, tendo o dinheiro arrecadado revertido para acções de solidariedade.

 

VÍDEO:

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)