Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Obama pede desculpa

O presidente norte-americano Barack Obama pediu esta sexta-feira desculpa por ter afirmado que a polícia de Cambridge, Massachusetts, agiu de forma "estúpida" na detenção de um professor universitário negro, Henry Loius Gates, que é seu amigo.
25 de Julho de 2009 às 19:30
Barack Obama
Barack Obama FOTO: d.r.

A polícia foi chamada na passada quarta-feira à residência de Gates, após uma queixa de que alguém estava a tentar arrombar a casa. Quando o polícia James Crowley tentou identificar o alegado assaltante - que na realidade era Gates e que estava a tentar abrir uma porta encravada - este comportou-se de forma "irracional" e recusou inicialmente identificar-se, acusando o polícia de racismo e acabando por ser detido.
 
Quando soube do incidente, Obama afirmou que o polícia tinha actuado de forma "estúpida", mas agora veio pedir desculpa, afirmando que se tratou de um comentário "mal calibrado". "Não queria de modo algum insultar o departamento de polícia de Cambridge ou o agente Crowley", afirmou Obama, que convidou o polícia e Gates a visitarem a Casa Branca.

Ver comentários