Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Obama defende novas medidas de controlo para pessoas expostas ao ébola

Presidente norte-americano falou sobre as quarentenas obrigatórias decretadas em vários estados dos EUA.
28 de Outubro de 2014 às 21:38
Presidente norte-americano Barack Obama fala sobre resposta ao ébola no relvado da Casa Branca, em Washington
Presidente norte-americano Barack Obama fala sobre resposta ao ébola no relvado da Casa Branca, em Washington FOTO: Kevin Lamarque/REUTERS

O Presidente norte-americano defendeu esta terça-feira as novas diretrizes do seu Governo para controlar pessoas expostas ao Ébola e pediu aos cidadãos que não tenham medo, porque estão a ser feitos progressos para travar o avanço da doença.

"[Se não houver] uma forte resposta internacional [contra o surto de Ébola na África Ocidental], estamos em perigo aqui" e em muitos outros países, alertou Barack Obama, numa breve aparição pública na Casa Branca.


Referindo-se às quarentenas obrigatórias decretadas em vários estados para profissionais de saúde que regressam de países afetados pelo ébola, o chefe de Estado norte-americano alertou contra qualquer medida que "desalente essas pessoas" de viajar para África para ajudar a combater o vírus da febre hemorrágica cuja taxa de mortalidade é de 90 por cento.

barack obama presidente Estados Unidos EUA controlo ébola
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)