Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Obiang defende-se de acusações de detenções arbitrárias de migrantes

"Não temos uma situação como a da Líbia, não há violações contra as pessoas", afirmou o Presidente da Guiné Equatorial.
Lusa 25 de Novembro de 2021 às 16:32
Teodoro Obiang
Teodoro Obiang FOTO: Reuters
O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, defendeu-se esta quinta-feira de acusações de ativistas e organizações de defesa dos direitos humanos sobre uma alegada onda de detenções de migrantes no último mês.

"A polícia controla constantemente os migrantes para que justifiquem a documentação, mas isso não quer dizer que os esteja a maltratar", disse Obiang numa rara conferência de imprensa em Bata perante os 'media' internacionais.

"Não temos uma situação como a da Líbia, não há violações contra as pessoas", afirmou.

Teodoro Obiang política direitos humanos referendo
Ver comentários