Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Oferece filha para sexo a troco de heroína

Violações de menina de 11 anos eram filmadas por pedófilo.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) 21 de Julho de 2016 às 11:52
April Corcoran, de 32 anos, foi condenada a 51 anos de prisão
April Corcoran, de 32 anos, foi condenada a 51 anos de prisão FOTO: DR

"Em mais de três anos como juíza neste tribunal, este é de longe o pior caso que aqui chegou", afirmou a juíza Leslie Ghiz, no tribunal de Ohio, nos Estados Unidos da América, durante o julgamento de April Corcoran, uma mulher que entregava a filha de apenas 11 anos a um traficante, para que fizesse sexo com a menor. Em troca a mãe recebia heroína.

De acordo com o Washington Post, a menina foi forçada a vários atos sexuais com o traficante da mãe, um pedófilo de 40 anos. Os abusos sexuais eram quase sempre filmados.

Uma vez que o pedófilo preferia crianças mais novas do que 11 anos, a mãe da criança mudava a aparência da filha para que esta parecesse mais nova e dizia-lhe que "era corajosa" por fazer sexo com o traficante.

Em tribunal, foi mostrada uma das gravações de sexo feitas pelo pedófilo a quem a mãe entregava a filha. A avó da menina ficou em choque. "Vi a gravação, vi a minha neta, ouvi a vozinha dela. Não sei se ela alguma vez irá conseguir ter uma vida normal", disse em tribunal.

April Corcoran, de 32 anos, foi condenada a 51 anos de prisão por ser cúmplice de violação, por tráfico humano, e por pôr em risco o bem-estar de uma menor. Em tribunal deu-se como culpada de todas as acusações. O traficante pedófilo será julgado num caso separado.

Leslie Ghiz Ohio Washington Post April Corcoran crime lei e justiça punição / sentença questões sociais
Ver comentários