Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Oito polícias atacados em concerto de extrema-direita na Alemanha

Autoridades puseram fim ao evento mais cedo após o ataque.
7 de Outubro de 2018 às 19:00
Oito polícias alemães atacados em concerto de extrema-direita na Alemanha
Oito polícias alemães atacados em concerto de extrema-direita na Alemanha
Oito polícias alemães atacados em concerto de extrema-direita na Alemanha
Oito polícias alemães atacados em concerto de extrema-direita na Alemanha
Oito polícias alemães atacados em concerto de extrema-direita na Alemanha
Oito polícias alemães atacados em concerto de extrema-direita na Alemanha
A polícia alemã pôs fim a um concerto de extrema-direita mais cedo do que o previsto após oito oficiais terem sido atacados com pedras, garrafas de vidro e ataques físicos. Os oito polícias acabaram com ferimentos ligeiros causados por pessoas que se dirigiam para o concerto. 

A polícia emitiu uma série de tweets sobre o incidente e confirmou que os policias tiveram de usar spray de pimenta e cassetetes em alguns participantes. Em comunicado da polícia foi ainda avançado que alguns participantes são oriundos da Alemanha, Suécia e Suíça. 

O evento decorreu na praça do mercado da cidade de Apolda, na zona leste da Alemanha, sob o lema "rock contra enchente estrangeira", e contou com cerca de 800 espectadores, segundo avançou o jornal nova-iorquino The New York Times. 

Outras 500 pessoas dirigiram-se ao concerto para participarem num contra-protesto. Estes manifestantes foram descritos como "pacíficos".

O estado oriental da Turíngia tem sido um centro de concertos desta natureza. Vários têm sido os esforços para proibir o espetáculo, mas não tiveram sucesso porque os organizadores do evento simplesmente se mudaram para outro local depois de terem sido impedidos de usar o sítio inicial.

Nas imagens é possíver ver vários participantes a fazer gestos de saudação nazi.



 
Neonazis Alemanha The New York Times Suécia Suíça Turíngia Apolda polícia extrema-direita
Ver comentários