Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

OLEODUTOS ATACADOS NO IRAQUE

Seis guardas iraquianos em serviço num oleoduto perto de Bagdad foram mortos num ataque perpetrado este sábado. Uma ruptura de uma conduta no sul está a afectar as exportações de petróleo bruto iraquiano.
3 de Julho de 2004 às 17:43
"Cinco corpos de guardas nacionais foram trazidos para o hospital … às 08h30 (05h30 de Lisboa), assim como cinco feridos", disse o Haydar Sabah, médico do hospital de Mahmudiyah, situado a 30 quilómetros de Bagdad.
Um dos sobreviventes, Ismail Hussein, explicou que o grupo foi surpreendido por um ataque ao posto de controlo.
No sul, a ruptura de um oleoduto provocou uma baixa das exportações de petróleo pelo terminal de Bassorá, segundo uma fonte da empresa petrolífera iraquiana.
A mesma fonte considerou que o oleoduto poderá ter sido danificado "por acidente".
No terminal de Bassorá, um responsável afirmou que "na sequência do incidente, as quantidades de petróleo bombeadas passaram de 84.000 a 40.000 barris por hora".
"Serão necessários alguns dias para restabelecer as exportações ao seu nível normal", explicou o responsável, apesar das forças britƒnicas garantirem que as exportações não foram afectadas.
MARINE DOS EUA MORRE NO IRAQUE
Além disso, o exército norte-americano anunciou a morte de um marine ferido na província de al-Anbar.
Esta morte eleva para 637 o número de soldados dos Estados Unidos mortos no Iraque desde a incursão norte-americana, em Março de 2003.
Ver comentários