Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

ONU aprova missão a Darfur

O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas decidiu esta quarta-feira enviar a Darfur, no Sudão, uma missão para avaliar a situação nesta região, afectada por uma das maiores crises humanitárias de sempre.
13 de Dezembro de 2006 às 17:31
A missão será composta por “cinco pessoas altamente qualificadas” escolhidas pelo presidente do Conselho, o mexicano Luis Alfonso de Alba, após consultar vários grupos regionais, e ouvir o relator especial da ONU para o Sudão, Sima Simar.
A resolução, aprovada no final de uma sessão especial do Conselho para analisar a questão do Darfur, durante dois dias, resultou de intensas negociações tendo em conta duas propostas, uma apresentada pela União Europeia e outra pela Argélia.
A proposta europeia propunha que o grupo fosse composto por especialistas independentes e era mais crítica quanto à actuação do Governo sudonês no conflito, enquanto a proposta argelina era mais moderada e previa que a missão fosse composta por representantes governamentais.
O conflito em Darfur começou em 2003 quando dois grupos rebeldes pegaram em armas para exigirem mais meios para a região, lutando desde então contra o Governo, com o apoio das milícias árabes Janjawid. Segundo dados das Nações Unidas, o conflito já provocou cerca de 200 mil mortos e mais de 2,5 milhões de deslocados e refugiados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)