Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

ONU pressiona Congresso norte-americano para que não reduza financiamentos

António Guterres não prevê reunir-se com Donald Trump na Casa Branca durante a visita a Washington.
Lusa 20 de Junho de 2017 às 21:38
O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres
Donald Trump
O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres
Donald Trump
O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres
Donald Trump
O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, vai pressionar o Congresso norte-americano para que não reduza o financiamento dos Estados Unidos à organização, já que isso criaria um "problema insolúvel".

António Guterres deverá deslocar-se a Washington na próxima semana para defender o seu ponto de vista junto dos legisladores norte-americanos, responsáveis pelo orçamento e que têm o poder de alterar o projeto de finanças do presidente Donald Trump.

O departamento de Estado propôs no mês passado uma redução de mais de 30% das verbas consagradas à diplomacia e à ajuda internacional, incluindo um corte de 60% dos fundos para missões de manutenção da Paz.

O Estados Unidos são o maior financiador das Nações Unidas, representando 22 por cento do orçamento base de 5,4 mil milhões e 28,5% do orçamento para as operações de manutenção da Paz (7,9 mil milhões).

"O projeto de orçamento apresentado ao Congresso criaria um problema insolúvel para a gestão das Nações Unidas", afirmou António Guterres numa conferência de imprensa na sede da ONU, em Nova Iorque.

"O processo está em curso no Congresso e eu irei brevemente a Washington", acrescentou.

António Guterres não prevê reunir-se com Donald Trump na Casa Branca durante a visita a Washington, que deverá decorrer de 27 a 29 de junho, nem com o secretário de Estado Rex Tillerson.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)