Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

ORGANIZAVAM ORGIAS SEXUAIS COM OS PRÓPRIOS FILHOS

Onze homens e seis mulheres começaram ontem a ser julgados em França sob a acusação de organizarem orgias sexuais com menores, incluindo os próprios filhos, que na altura dos crimes tinham entre três e 12 anos, num caso que chocou e horrorizou o país.
5 de Maio de 2004 às 00:00
O caso remonta a Dezembro de 2000, quando quatro crianças, todas menores de dez anos, denunciaram que teriam sido violadas pelos próprios pais, Thierry e Myriam Delay, e forçadas a participar em orgias com outros adultos.
Depois de detidos, os pais denunciaram vários vizinhos que, segundo eles, também participavam nas orgias, levando por vezes os seus próprios filhos.
Os 17 arguidos foram formalmente acusados de pedofilia, violação com tortura e abusos sexuais de contornos bárbaros.
No total, terão sido abusadas 18 crianças. Chegou a suspeitar-se que uma menina havia sido morta e enterrada, mas o corpo nunca chegou a ser encontrado.
Suspeita-se ainda que os arguidos faziam parte de uma rede pedófila com ramificações na vizinha Bélgica, e chegou a ser denunciado o “aluguer” de crianças a figuras conhecidas. A polícia nunca encontrou provas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)