Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Os últimos dias do príncipe Filipe: Da recusa a usar cadeira de rodas aos momentos vividos com a amada 'Lilibet'

O marido da rainha Isabel II estava decidido a morrer em casa junto ao amor da sua vida.
Correio da Manhã 10 de Abril de 2021 às 07:52
Filipe, duque de Edimburgo
Príncipe Filipe
Príncipe Filipe e rainha Isabel II: imagens de um casamento de sete décadas
Príncipe Filipe e rainha Isabel II: imagens de um casamento de sete décadas
Filipe, duque de Edimburgo
Príncipe Filipe
Príncipe Filipe e rainha Isabel II: imagens de um casamento de sete décadas
Príncipe Filipe e rainha Isabel II: imagens de um casamento de sete décadas
Filipe, duque de Edimburgo
Príncipe Filipe
Príncipe Filipe e rainha Isabel II: imagens de um casamento de sete décadas
Príncipe Filipe e rainha Isabel II: imagens de um casamento de sete décadas
A menos de dois meses de completar 100 anos, o príncipe Filipe morreu junto à sua 'Lilibet', como carinhosamente tratava a mulher, a rainha Isabel II, em casa após recusar retornar ao hospital. 

O príncipe estava decidido a morrer em casa e viveu os últimos dias a aproveitar todos os momentos. Os horários das refeições na casa real foram inclusive mudados para que Filipe pudese jantar com a monarca quando se sentisse bem. 

Sentia-se frustrado por conta das restrições da Covid-19 que o impediam de receber mais visitas familiares, como desejava.

Após o regresso do hospital, onde foi sujeito a uma intervenção cirúrgica ao coração, o duque de Edimburgo estava "calmo" e maioritariamente confinado ao seu quarto. Recusou usar cadeira de rodas, apesar de apresentar grande dificuldade de mobilidade, e também não queria usar o seu aparelho auditivo. "Tire essa maldita coisa da minha vista", terá dito quando os assessores sugeriam a cadeira de rodas.

O duque de Edimburgo queria manter-se ainda independente até ao último minuto, segundo fontes citadas pelo jornal britânico Mirror, Filipe recusou ajuda da equipa que o acompanhava para apanhar os seus óculos, quando estes cairam ao chão. 

Quando se sentia bem, o duque sentava-se ao sol com um cobertor sobre as pernas. Ao lado da cama mantinha emolduradas duas fotografias das mulheres da sua vida: a mãe e Isabel II, sua mulher. 

A rainha Isabel II fica agora sozinha a enfrentar a maior crise monárquica dos últimos anos após o famoso 'Megxit" seguido da entrevista de Meghan e Harry a Oprah Winfrey. 


Filipe Lilibet Isabel II interesse humano realeza questões sociais
Ver comentários