Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Padres do Vaticano acusados de abusos sexuais por três jovens acólitos

Autores de investigação indicam que “existem mais vítimas e mais padres envolvidos em abusos sexuais".
SÁBADO 16 de Novembro de 2019 às 18:17
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano

Três jovens acólitos afirmaram ter sido alvos de abuso sexual por dois padres do Vaticano. Em revelações a um programa de televisão italiano, as vítimas fazem acusações que datam das décadas de 80 e 90, quando estes rapazes tinham entre 10 e 14 anos.

As denúncias surgem dois meses depois de uma primeira investigação do programa "Le Iene" que motivaram o Vaticano a acusar o padre Gabriele Martinelli, de 28 anos, de ter alegadamente abusado sexualmente vários jovens em 2012 quando fazia formação no Seminário São Pio X.

Ao The Guardian, Gaetano Pecoraro, um dos autores da investigação indica que "existem mais vítimas e mais padres envolvidos em abusos sexuais dentro do Vaticano"e o mais recente programa do canal Italia 1 mostra que três antigos acólitos do Vaticano afirmam ter sido abusados por dois padres, um deles um professor.

Um destes, que administrava a zona de banhos, terá tentado tirar o roupão de banho a um dos alunos. "Ele queria despir-me e eu tentei esquivar-me. Tinha 13 anos", conta. As vítimas, que têm agora entre 37 e 40 anos, juntaram-se há alguns anos para partilhar as suas histórias, que são corroboradas por várias pessoas que afirmam ter testemunhado alguns dos abusos.

Em comunicado, o Vaticano afirmou que, se novos elementos surgirem no processo judicial que começou com Martinelli envolvendo "ofensas por parte dos acusados ou outros, as autoridades judiciais do estado da Cidade do Vaticano vão proceder à abertura de um novo processo e investigação preliminar, com um novo pedido de julgamento".

Cidade do Vaticano Gabriele Martinelli religião crime crime lei e justiça crimes sexuais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)