Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Pai e madrasta deixam senhorio violar a filha menor para não pagarem renda

Tia da jovem fez uma denúncia às autoridades. Caso aconteceu no Paraguai.
12 de Janeiro de 2019 às 17:54
Julián Agripino e Ramona Perla foram detidos por permitirem abusos sobre a filha de 15 anos
Rapariga
Rapariga
Menina
Julián Agripino e Ramona Perla foram detidos por permitirem abusos sobre a filha de 15 anos
Rapariga
Rapariga
Menina
Julián Agripino e Ramona Perla foram detidos por permitirem abusos sobre a filha de 15 anos
Rapariga
Rapariga
Menina

Uma rapariga de 15 anos foi abusada sexualmente pelo senhorio depois de a mãe e os pais terem permitido que isso acontecesse para não pagarem a renda da casa.

Segundo avança a imprensa internacional, a mãe, Ramona Perla, e o padrasto, Julián Agripino, foram detidos pelas autoridades e o proprietário da casa está a ser investigado devido a várias acusações de violação de menores. 

As agressões sexuais à menor foram autorizadas tanto pela mãe, de 37 anos, como pelo padrasto, de 65. 

Uma tia da jovem fez uma denúncia às autoridades, que detiveram no mesmo dia a mãe, o padrasto e o senhorio. 

A rapariga está agora sob o cuidado de uma instituição local de proteção de menores.


Ramona Perla Julián Agripino crime lei e justiça pai madrasta senhorio filha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)