Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Pai e filho morrem em acidente de avião

Monomotor foi construído pelo pai.
Cátia Carmo 1 de Maio de 2016 às 12:32
Samuel Lara ao lado do pai, Helênio Lara
Samuel Lara ao lado do pai, Helênio Lara FOTO: Facebook
Helênio Lara, empresário de 55 anos, morreu ao lado do filho, Samuel Lara, de 17 anos, depois de o avião em que seguiam se ter despenhado no Lago de Furnas em Guapé, no estado de Mato Grosso, Brasil. Foi o próprio pai que, com a ajuda do Centro de Estudos Aeronáuticos da Universidade Federal de Minas Gerais, tinha construído o monomotor em que viajavam.

Pai e filho eram apaixonados por aviação e seguiam, no sábado, para um evento de aviões em Furnas quando o pior aconteceu.

Ainda não se sabe o que terá estado na origem do acidente, que está a ser investigado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, mas as autoridades suspeitam que o piloto terá tentado aterrar o avião na água.

"Eles já tinham aterrado, mas levantaram voo de novo para terem uma vista aérea da barragem. Quando foram aterrar novamente o avião caiu", contou Alexandre Campos, primo de Samuel Lara, ao site brasileiro ‘G1’.

O monomotor CB-12 Curumim II constava na Agência Nacional de Aviação Civil como "experiemental".
Helênio Lara Samuel Lara Lago de Furnas Guapé Mato Grosso Brasil
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)