Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Palavras unidas contra o medo

Homenagem emocionada junta portugueses e franceses em Lisboa.
João Ferreira 9 de Janeiro de 2015 às 10:14
Foram muitos os que estiveram nos Restauradores a homenagear as vítimas
Foram muitos os que estiveram nos Restauradores a homenagear as vítimas FOTO: Tiago Sousa Dias

Novos e velhos. Anónimos e figuras públicas . Do jornalismo à política, passando pelo mundo das artes. Largas centenas de pessoas juntaram-se ontem ao final da tarde na praça dos Restauradores, em Lisboa, para homenagear os mortos do ataque ao ‘Charlie Hebdo’. "Não temos medo" e "todos somos Charlie" foram as palavras de ordem mais ouvidas ao longo de duas horas.

Uma homenagem convocada nas redes sociais por um grupo de jornalistas que juntou também muitos cidadãos franceses residentes em Portugal. Foi uma concentração pela liberdade de expressão e contra o medo, com a base da estátua dos Restauradores a ser preenchida por velas, à medida que o tempo passava.

Um dos momentos mais emotivos da vigília ocorreu depois de terem sido entoados os hinos de Portugal e de França, quando, espontaneamente, as pessoas deram as mãos e formaram um cordão humano. 

praça dos Restauradores Lisboa Portugal França artes cultura e entretenimento política questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)