Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Pânico após sismo

O pânico tomou ontem conta dos habitantes de Sulawesi, na Indonésia, onde um violento sismo de magnitude 6,9 na escala aberta de Richter sacudiu a região. Receando um novo tsunami, a população fugiu para se refugiar em zonas altas do interior.
20 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Apesar de não haver registo de vítimas ou danos materiais, o abalo, que teve o seu epicentro no mar das Flores, a 37 quilómetros de profundidade, foi mais que suficiente para provocar uma debandada. Ainda com o maremoto do passado dia 26 de Dezembro bem presente, os habitantes de Sulawesi (na região oriental do país), que não foram atingidos pela tragédia, pensaram que tinha chegado a sua vez.“Sentimos o terramoto e saímos de casa aterrorizados”, afirmou Yuli Mochtar, ainda mal refeito do susto.
VISITA DE PRESIDENTES
O sismo na Indonésia ocorreu no dia em que os antigos presidentes norte-americanos George Bush (pai) e Bill Clinton iniciaram, na Tailândia, uma visita pelos países mais atingidos pelo tsunami que devastou o sudeste asiático.
A Indonésia, o Sri Lanka e as Maldivas estão também no roteiro de Bush e Clinton, que ontem quase foram às lágrimas com os dramáticos casos humanos que presenciaram.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)