Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Papa critica terrorismo reivindicado em nome de Deus

O papa Bento XVI assegura numa carta enviada ao arcebispo católico de Nova Iorque, Timothy Dolan, que a tragédia do 11 de Setembro "foi agravada pela reivindicação dos terroristas de terem actuado em nome de Deus".
10 de Setembro de 2011 às 11:36
Na carta, Bento XVI sublinha que "nestes dias" os seus pensamentos "regressam aos sombrios incidentes do 11 de Setembro de 2001, quando tantas vidas inocentes se perderam"
Na carta, Bento XVI sublinha que 'nestes dias' os seus pensamentos 'regressam aos sombrios incidentes do 11 de Setembro de 2001, quando tantas vidas inocentes se perderam' FOTO: EPA

O serviço de imprensa do Vaticano tornou pública a missiva do Papa ao arcebispo católico de Nova Iorque, Timothy Dolan, também presidente da  Conferência Episcopal dos Estados Unidos, na qual reitera que "uma vez mais, deve afirmar-se inequivocamente que em nenhuma circunstancia podem jamais justificar-se actos de terrorismo".    

Na carta, Bento XVI sublinha que "nestes dias" os seus pensamentos "regressam aos sombrios incidentes do 11 de Setembro de 2001, quando tantas vidas inocentes se perderam".   

O Papa elogia na carta o povo norte-americano "pela coragem e pela generosidade que demonstrou nas operações de socorro e pela prontidão em seguir em frente com esperança e confiança".   

papa bento XVI terrorismo 11 de setembro nova iorque igreja
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)