Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Papa Francisco realiza visita histórica ao Iraque

Sumo Pontífice reza pelas vítimas da guerra na praça da Igreja de Mosul, antiga ‘capital’ dos terroristas do Daesh.
Secundino Cunha 11 de Fevereiro de 2021 às 08:37
Papa Francisco vai 
levar mensagem de paz 
ao Iraque
Papa Francisco vai 
levar mensagem de paz 
ao Iraque
Uma oração de sufrágio pelas vítimas da guerra, na praça da Igreja de Mosul, antiga ‘capital’ dos terroristas do Daesh, na manhã de domingo, 7 de março, será certamente o ponto alto da histórica visita do Papa Francisco ao Iraque, que terá lugar de 5 a 8 do mês que vem e cujo lema, tirado do Evangelho de Mateus, é: “Sois todos irmãos.”

A viagem é histórica porque é a primeira vez que um Papa visita as terras de Abraão, onde a Humanidade começou a ler e a escrever (João Paulo II teve viagem marcada para o Iraque, em dezembro de 1999, mas Saddam cancelou a visita) e é histórica também por ser a primeira vez, em 15 meses, desde o início da pandemia, que Francisco viaja para fora de Itália.

Num dos países onde é mais evidente a perseguição aos cristãos (em duas décadas passaram de 1,5 milhões para cerca de 500 mil), o Papa vai falar de ecumenismo, de diálogo inter-religioso e, acima de tudo, de paz.

À chegada, no dia 5, é recebido pelo primeiro-ministro, Mustafa al-Kadhimi, e realiza uma visita ao presidente Barham Salih. O dia 6, sábado, começa cedo com uma viagem de avião até Najaf, onde se encontra com o grão-aiatolá Ali al-Sistani. Segue depois para Nassiriya e participa num encontro inter-religioso, na Planície de Ur, terra natal de Abraão, na tradição bíblica. O sábado termina com uma missa na catedral de S. José, em Bagdad. Domingo começa com a já referida viagem a Mosul. Após uma missa em Erbil, no Estádio ‘Franso Hariri’, Francisco regressa a Bagdad, de onde, na manhã seguinte, regressa a Roma.

Esta visita é carregada de simbolismo, uma vez que o Iraque, de esmagadora maioria muçulmana, tem sido palco de guerras e inúmeros conflitos armados. A mensagem de paz do Papa dificilmente faria mais sentido noutro lugar.

O Iraque é um dos países ligados ao início do cristianismo e é tido como berço da primeira civilização (Suméria).

SAIBA MAIS
32
é o número de viagens apostólicas de Francisco. A 33ª será ao Iraque, onde nenhum Papa foi até hoje. O chefe da Igreja Católica já visitou 48 países.

Portugal em 2023
O Papa só visitou um país duas vezes: Cuba. O segundo país a receber nova visita será Portugal, em 2023, na Jornada Mundial da Juventude. A primeira foi no Centenário das Aparições.

Sete intervenções
No Iraque, o Papa fará quatro discursos, duas homilias e uma oração do Angelus.
Ver comentários