Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Papa inicia visita polémica à Turquia

O Papa Bento XVI chegou esta terça-feira a Ancara às 13h00 locais (11h00 em Lisboa), para uma visita de quatro dias à Turquia revestida de polémica e de medidas de segurança extremas. À sua chegada, o Sumo Pontífice tinha à sua espera o primeiro-ministro turco Recep Erdogan, com quem se encontrou no aeroporto e ao qual expressou o seu desejo de ver a Turquia integrar a União Europeia.
28 de Novembro de 2006 às 13:29
Bento XVI e Recep Erdogan encontraram-se no aeroporto de Ancara
Bento XVI e Recep Erdogan encontraram-se no aeroporto de Ancara FOTO: Reuters
Além do chefe do executivo turco, que o felicitou por esta visita à Turquia, Bento XVI tinha também à sua espera na pista do aeroporto de Ancara os principais representantes das igrejas católica e ortodoxa turcas e várias outras individualidades políticas. Recorde-se que só ontem é que Recep Erdogan decidiu encontrar-se com o Papa, adiando a sua partida para Riga, na Letónia, a fim de participar na Cimeira da NATO.
Depois de expressar a sua “felicidade” por poder saudar Bento XVI em solo turco, o primeiro-ministro turco afirmou que esta visita papal ocorre num momento “particularmente importante”, sublinhando esperar que possa contribuir para “os esforços para alcançar a paz global e uma aliança de civilizações”. Durante o encontro, que durou cerca de 20 minutos, Erdogan criticou ainda os “grupos marginais” que organizaram manifestações contra a visita do Papa à Turquia, sublinhando que demonstraram ter "uma visão redutora".
No final do encontro, o governante turco explicou que solicitou o apoio de Bento XVI à entrada da Turquia na União Europeia, adiantando que o Papa expressou o seu desejo nesse sentido, embora tenha realçado que a sua visita não tem objectivos políticos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)