Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Papa pede que se concretize ajuda alimentar ao Sudão do Sul

Mais de 40% da população, tem necessidade urgente de alimentos.
22 de Fevereiro de 2017 às 16:35
Papa Francisco
Papa Francisco FOTO: Reuters
O papa Francisco pediu à comunidade internacional para não se ficar pelas declarações e concretizar a ajuda alimentar à população do Sudão do Sul, onde mais de 40% dos habitantes tem necessidade urgente de comida.

No final da sua habitual audiência das quartas-feiras, Francisco declarou-se preocupado com as "dolorosas notícias" que chegam do Sudão do Sul, "onde um conflito fratricida aliado a uma crise alimentar condena à morte pela fome milhões de pessoas, entre as quais muitas crianças".

Afirmou que "neste momento é mais necessário do que nunca o compromisso de todos para que não se fique pelas declarações, mas que se concretizem as ajudas e que se permita que possam chegar às populações que sofrem".

A Organização da ONU para a Alimentação e a Agricultura, o Programa Alimentar Mundial e o Fundo das Nações Unidas para a Infância pediram na terça-feira às partes em conflito para facilitarem o acesso "imediato e seguro" da ajuda humanitária face à situação de fome declarada em várias zonas do Sudão do Sul.

Mais de 4,9 milhões de pessoas, o que corresponde a mais de 40% da população, tem necessidade urgente de alimentos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)