Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Papa vai instar políticos brasileiros a abandonarem "interesses egoístas"

Na sua estada de uma semana na cidade do Rio de Janeiro, onde chega segunda-feira, dia 22, e onde a partir de terça preside à Jornada Mundial da Juventude, o Papa Francisco não falará apenas de Fé.

19 de Julho de 2013 às 18:56

Segundo o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, Francisco vai instar os políticos brasileiros a abandonarem a “política de opressão” determinada por “interesses egoístas” e a darem passos concretos na atenção às necessidades do povo.

De acordo com Lombardi, nos discursos que o Sumo Pontífice fará ao longo da semana em território brasileiro, haverá várias “mensagens fortes, muito fortes”, dirigidas diretamente aos políticos do país.

Não serão mensagens com soluções concretas, isso quem tem que avançar são os próprios políticos e os economistas brasileiros, acrescenta Federico Lombardi, mas será um chamado a que eles mudem de postura e passem a dar mais atenção ao povo, principalmente aos doentes, idosos e desvalidos.

Federico Lombardi também confirmou que o Papa está ansioso por chegar ao Rio e que pretende ter um contato muito próximo com as multidões de fiéis que são esperadas para a Jornada Mundial da Juventude.

O porta-voz do Vaticano acrescentou que Francisco deu ordens claras e objetivas para que o protocolo e o esquema de segurança não o afastem dos fiéis nem o impeçam de ter contato direto com as pessoas.

lombardi brasil papa francisco visita políticos rio de janeiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)