Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista

Cidade encontra-se totalmente destruída após a passagem do Daesh pelo local.
Lusa 7 de Março de 2021 às 10:07
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
Papa visita Mossul, no Iraque, e reza pelas vítimas da guerra jihadista
O Papa Francisco rezou este domingo pelas "vítimas da guerra" contra o grupo 'jihadista' Daesh na cidade iraquiana de Mossul, que foi a "capital do califado", retomada há três anos das mãos dos extremistas.

Na praça de Hosh al-Bieaa, onde havia quatro igrejas cristãs e agora é um cenário de total destruição marcado pela passagem dos jihadistas, Francisco iniciou a sua oração: "Se Deus é o Deus da vida, e Ele o é, para nós não é permitido matar os nossos irmãos em seu nome".

E, entre escombros e paredes semiderretidas, o Papa continuou: "Se Deus é o Deus da paz, e Ele o é, não nos é lícito fazer guerra em seu nome. Se Deus é o Deus do amor, e Ele o é, não nos é permitido odiar os irmãos".

Mossul Iraque Papa Francisco Deus política religião
Ver comentários