Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Papa saúda acordo do clima

Francisco alerta para os "mais vulneráveis".
13 de Dezembro de 2015 às 13:49
"Exorto a comunidade internacional na sua totalidade, a prosseguir com empenho o caminho encetado", disse o papa
'Exorto a comunidade internacional na sua totalidade, a prosseguir com empenho o caminho encetado', disse o papa FOTO: Reuters

O papa Francisco saudou este domingo a adoção por 195 países, no sábado em Paris, de um acordo sem precedentes de luta contra o aquecimento global, e apelou para se estar especialmente atento aos "mais vulneráveis", particularmente afetados pelas catástrofes ambientais.


"A cimeira sobre o clima terminou em Paris com um acordo que bem podemos qualificar como histórico", disse o papa Francisco, na oração do Angelus, na praça de S. Pedro, no Vaticano.


"A sua aplicação exige um compromisso unânime e um generoso empenho de cada um", sublinhou Francisco, com ar grave, reportou a AFP.


O papa sublinhou que é preciso garantir neste âmbito, e "com um particular atenção", o futuro das "populações mais vulneráveis".


"Exorto a comunidade internacional na sua totalidade, a prosseguir com empenho o caminho encetado, num sentimento de uma solidariedade que deve ser sempre cada vez mais ativa", sublinhou.

Papa Francisco clima
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)