Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Parlamento aprova novo governo palestiniano

O Parlamento palestiniano aprovou este sábado a formação do Governo de Unidade Nacional, depois do primeiro-ministro Ismail Haniyeh, do movimento Hamas, ter declarado que apoia o direito a “todas as formas” de resistência.
17 de Março de 2007 às 15:42
A coligação entre a Fatah, do presidente da Autoriade Nacional Palestiniana (ANP), Mahmoud Abbas, e do movimento islâmico Hamas, foi aprovada com 83 votos a favor e três contra, durante uma sessão do conselho legislativo palestiniano, organizada simultaneamente em Ramallah, na Cisjordânia e em Gaza.
Os palestinianos esperam agora que o novo governo entre os dois movimentos rivais acabe com a violência que causou, só no último ano, mais de 300 vítimas mortais, levando a comunidade internacional a instaurar graves sanções financeiras à Palestina.
Dos 132 membros do Conselho, participaram apenas 86, sendo que 41 dos ausentes, entre os quais 37 do Hamas, estão detidos em Israel.
Dos 25 membros que constituem o governo de Unidade Nacional palestiniano, 12, entre os quais o primeiro-ministro, são do movimento islâmico Hamas, seis da Fatah e sete independentes. Os novos ministros deverão prestar juramento ainda durante o dia de hoje.
A tutelas das Finanças, dos Negócios Estrangeiros e do Interior foi entregue a independentes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)