Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Partido favorito recusa alianças

Dado como favorito nas eleições autonómicas da Catalunha, a realizar no domingo, Artur Mas, líder da Convergência e União (CiU), afirmou ontem, em entrevista ao site 20minutos.es, que uma coligação com os socialistas catalães está fora do seu horizonte. No entanto, segundo as sondagens, a CiU vencerá sem maioria absoluta e terá de procurar alianças naquele que, tudo indica, será um dos parlamentos mais pluripartidários de sempre.
26 de Novembro de 2010 às 00:30
Devido aos insultos na campanha, Artur Mas (à esq.) comparou Montilla, rival socialista, a José Mourinho
Devido aos insultos na campanha, Artur Mas (à esq.) comparou Montilla, rival socialista, a José Mourinho FOTO: Gustau Nacarino/Reuters

"Não é que seja impossível, mas não é conveniente", afirmou, sobre uma aliança com o PSC (Partido Socialista da Catalunha), considerando que "seria débil, e para governo débil já temos um".

A alusão visou a coligação encabeçada por José Montilla, líder socialista e presidente cessante do governo autonómico catalão. Montilla governou desde 2006 com um executivo tripartido do PSC, ERC (Esquerda Republicana da Catalunha) e ICV-EUia (Iniciativa pela Catalunha Verdes-Esquerda Unida e Alternativa).

Questionado sobre os insultos na campanha, Mas, usando uma comparação futebolística, disse-se mais próximo de Guardiola, "construtivo e sereno", do que de Mourinho, insinuando que este, pela má educação, é estilo Montilla.

Esquecida a coligação, Mas considera viável um governo minoritário apoiado em acordos com outros partidos, à maneira das últimas legislaturas de Jordi Pujol, que governou a Catalunha entre 1980 e 2003. Tendo em conta a diversidade de forças políticas que deverão preencher os 135 assentos do hemiciclo, não terá falta de escolha de aliados.

Um dos estreantes no Parlamento deverá ser o partido Solidariedade Catalã pela Independência (SCI), formado em Julho por Joan Laporta, antigo presidente do Barcelona. A UPD (União Progresso e Democracia) é outra das estreias esperadas no hemiciclo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)