Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Turquia: Partido no poder recupera maioria

Presidente Tayyip Erdogan recuperou a hegemonia.
Francisco J. Gonçalves 2 de Novembro de 2015 às 09:47
O presidente Erdogan viu o seu partido vencer as eleições legislativas uma vez mais
O presidente Erdogan viu o seu partido vencer as eleições legislativas uma vez mais FOTO: Murad Sezer/Reuters
O Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP), do presidente Recep Tayyip Erdogan, venceu por maioria as eleições legislativas na Turquia. A votação deste domingo foi a segunda em cinco meses, depois de em junho o AKP ter vencido sem maioria pela primeira vez desde que chegou ao poder, em 2002, e falhar a formação de um governo de coligação.

Quando estavam contados mais de 95% dos votos, o AKP, de pendor islâmico, tinha cerca de 50% dos votos, seguido pelo social-democrata e laico Partido Republicano do Povo (CHP), com apenas 25%. A força nacionalista curda Partido Democrático do Povo (HDP) e o MHP, de extrema-esquerda, conseguiram cerca de 12% (dois pontos acima do mínimo para ter presença parlamentar).

A votação foi realizada sob segurança apertada devido ao atentado de outubro que matou mais de 100 pessoas em Ancara. Mas no momento de votar, apesar da tensão acrescida pelo recrudescer do conflito com a minoria curda, no Leste do país, os turcos ouviram as palavras de Erdogan, que apelou ao voto dizendo que o AKP "é a opção que mais garantias dá de manter a estabilidade do país".

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, considerou os resultados "uma vitória da democracia e do povo" e fez votos de que, em 2019, a vitória do AKP se repita.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)