Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

PASSAGEIRO COM GRANADA DETIDO EM GATWICK

A Polícia inglesa anunciou a detenção de um cidadão venezuelano que chegou ao aeroporto de Gatwick com uma granada de mão na sua bagagem.
13 de Fevereiro de 2003 às 18:47
Torre de controlo do Aeroporto de Gatwick
Torre de controlo do Aeroporto de Gatwick
Esta detenção, ao abrigo da Lei (britânica) de Prevenção do Terrorismo, acontece dois dias depois de ter sido exponencialmente reforçada, com recurso a meios militares, a segurança em torno dos dois aeroportos internacionais que servem a capital britânica: Gatwick e Heathrow, o aeroporto mais movimentado do Mundo.

A Polícia em Gatwick anunciou que o suspeito detido esta tarde, um venezuelano com 37 anos de idade, chegou a Gatwick num voo da British Airways com origem na Colômbia. Outras fontes revelaram que o detido viajava num voo procedente de Alicante, em Espanha. De acordo com o comunicado policial, o venezuelaneo foi detido por ter sido encontrado um engenho explosivo na sua bagagem, cuja análise feita por peritos confirmou tratar-se de uma granada activa.

Esta detenção levou ao encerramento temporário e suspensão de todos os voos de e a partir do Terminal Norte do Aeroporto de Gatwick.

Em Hounslow foram detidos dois indivíduos por estarem parados junto à cerca do aeroporto de Heathrow. Fontes policiais indicaram que estas detenções foram decididas a título preventivo, não havendo razão aparente de alarme.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)