Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Pede namorada em casamento depois de incendiar casa por acidente a preparar pedido

Homem escreveu ‘Casas comigo?’ com velas. Deram origem a incêndio que destruiu completamente apartamento, mas não ‘queimou’ a paixão do casal.
Correio da Manhã 6 de Agosto de 2020 às 15:30
Velas causaram incêndio que destruiu apartamento
Velas causaram incêndio que destruiu apartamento FOTO: DR

Um homem de 26 anos incendiou a própria casa por acidente quando estava a preparar o pedido de casamento para a namorada. O homem acabou por se ajoelhar com o anel na mão e fazer o pedido no apartamento do casal em Sheffield, no Reino Unido, que ficou completamente destruído pelas chamas.

Albert Ndreu estava há duas a preparar o pedido de casamento perfeito. Preparou o quarto com mais de 100 velas, dispostas para escreverem o pedido ‘Casas comigo?’, encheu 60 balões, arranjou flores, decorou o quarto com grinaldas, pétalas e brilhantes e arranjou um bom vinho para celebrar o sim de Valerija Madevic, com quem namora há mais de um ano.

Deixou tudo preparado e, segundo o próprio, "perfeito", e saiu de casa para ir buscar a namorada e surpreende-la. O que não previu foi que as velas originassem um incêndio, que destruiu todo o apartamento de Albert em minutos.

"Ele foi-me buscar ao trabalho com flores e eu pensei logo que ele devia ter partido qualquer coisa em casa. Mal sabia que tinha incendiado o apartamento! Quando subimos as escadas vimos fumo e eu disse logo para ligar para os bombeiros. Fiquei a tremer por todo o lado, em choque, porque pareceu-me mesmo muito grave", conta ao jornal Metro a agora noiva.

A maior surpresa estava ainda por chegar. Quando o casal se preparava para descer pelas escadas de emergência e sair para a rua, Albert ajoelhou-se junto ao apartamento em chamas e fez o pedido de casamento a Valerija, que disse imediatamente que sim.

"Não estava nada à espera. Ele tirou uma caixa do bolso e eu fiquei sem palavras. Ele disse que fez asneira, e a nossa casa estava, literalmente, a arder, mas só podia dizer o ‘Sim’", revela Valerija.

O casal está agora a viver na casa de um familiar de Albert enquanto aguardam avaliação da companhia de seguros sobre os danos causados pelo fogo. Ambos admitem que não sabem se a sua antiga casa tem condições para os voltar a acolher, mas concluem dizendo que o que importa é o amor que nutrem um pelo outro, e que saiu reforçado pelo episódio insólito.

"A casa e as coisas que lá estavam são facilmente substituíveis. O amor que partilhamos é que é insubstituível. No final, estamos de boa saúde, junto e felizes. E é só isso que importa", conclui Valerija, que já está a fazer planos para a cerimónia de casamento.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)